Se engana quem pensa que hambúrguer é tudo a mesma coisa: um punhado de carne em formato redondo que fica ótimo com queijo e entre dois pedaços de pão. Bem, na teoria, é isso mesmo, mas assim como em diversos outros tipos de alimentos, o modo de preparo faz toda a diferença no resultado final.

É por isso que aqui no Bullguer nós fomos os primeiros a apostar em uma técnica inovadora e cheia de sabor, chamada de “smash burguer”. Trazida dos Estados Unidos, o nome dessa técnica vem do inglês e significa “hambúrguer amassado”, em tradução livre. O nome é bem autoexplicativo e já entrega a técnica: a carne moída é moldada em bolas, geralmente pelas mãos do chapeiro, e ao ir para a chapa, é esmagada por uma espátula de metal até ficar com mais ou menos 1cm de espessura.

Por ser mais fino que os outros tipos de hambúrgueres, em menos de 1 minuto o smash já atinge o ponto rosado perfeito e está prontinho para ser combinado ao queijo, pão e acompanhamentos e ser levado até a mesa do cliente.

Além do formato mais fino e irregular (por não ser moldado por um aro), o smash burguer se diferencia dos outros pelo seu sabor, já que a carne passa pela Reação de Maillard – uma reação que ocorre entre as proteínas da carne quando aquecidas na chapa bem quente, criando uma camada caramelizada no “smash”, dando a ele um sabor único.

E aí, deu água na boca? Corre para o Bullguer mais próximo experimentar essa delícia!